Skip links

Zimbro

Essencial em qualquer London Dry Gin, é autóctone da Europa, Ásia e América do Norte. Facilmente identificável pelo forte aroma a pinho, contribui também com notas cítricas, frutadas, cânfora e rosa.

Sementes de Coentro

As mais fragantes têm origem em Marrocos, da Índia obtêm-se com um carácter mais forte de especiarias. Quando destiladas contribuem com aromas cítricos, gengibre e balsâmicos que fazem uma combinação perfeita com o Zimbro.

Lima

Fragrância muito intensa, fortemente cítrica e quase floral é uma combinação ideal para o zimbro.

Limão

De aroma intenso, limpo mas volátil, traz notas cítricas ao palato.

Laranja

Aroma adocicado muito particular, mantém-se longamente no palato e contribui para o equilíbrio de um todo.

Canela

Originária do Vietname, China e Madagáscar de aroma doce e quente a especiarias facilmente reconhecível e que ajuda a potenciar as notas florais.

Angélica

Cultivada na Saxónia e Flandres, são as suas raízes desidratadas que são utilizadas na produção do Gin. Um botânico com sabor a terra, aroma seco a pinho, musgo e especiarias, contribui para a combinação e fixação dos outros botânicos existentes.

Baunilha

Encontra-se em zonas tropicais como Madagáscar e Ilha da Reunião e é muito importante para adicionar suavidade, um sabor levemente adocicado e um aroma fragante e caramelizado.

Lirio

Toscânia Marrocos, China, Rússia e Índia são os maiores produtores de Lírio, cujas raízes são colhidas à mão e desidratadas durante um período que pode ir até 3 anos. De evaporação lenta e aroma floral e terra, trabalha como o principal agente agregador e é fundamental na fixação dos aromas.